Notícias

Distribuição de dividendos e juros sobre o capital próprio


O Grupo Fleury comunica que o Conselho de Administração, reunido nesta data, aprovou a distribuição de remuneração aos acionistas, sob a forma de dividendos intermediários e juros sobre o capital próprio.

O valor total da distribuição será de R$ 331.264.723,20 (trezentos e trinta e um milhões, duzentos e sessenta e quatro mil, setecentos e vinte e três reais e vinte centavos), conforme balanço patrimonial levantado em 30 de setembro de 2016, e será imputado ao dividendo obrigatório relativo ao exercício de 2016. Esta distribuição é referente ao:

(i) valor de R$ 220.839.802,55 (duzentos e vinte milhões, oitocentos e trinta e nove mil, oitocentos e dois reais e cinquenta e cinco centavos) na forma de dividendos, correspondente ao valor por ação de R$ 1,405592, sendo: (a) R$ 3.987.437,00 (três milhões, novecentos e oitenta e sete mil, quatrocentos e trinta e sete reais) referentes ao saldo de lucros acumulados do exercício; e (b) R$ 216.852.365,55 (duzentos e dezesseis milhões, oitocentos e cinquenta e dois mil, trezentos e sessenta e cinco reais e cinquenta e cinco centavos) referentes à reserva de lucros para investimentos; e

(ii) valor bruto de R$ 110.424.920,65 (cento e dez milhões, quatrocentos e vinte e quatro mil, novecentos e vinte reais e sessenta e cinco centavos) na forma de juros sobre o capital próprio, correspondente ao valor bruto por ação de R$ 0,702828.

Condições da Distribuição

O valor total dos juros sobre o capital próprio está sujeito à retenção do imposto de renda na fonte à alíquota de 15%, exceto para os acionistas comprovadamente isentos ou imunes, ou acionistas domiciliados em países ou jurisdições para os quais a legislação estabeleça alíquota diversa.

Terá como base de cálculo a composição acionária de 12 de dezembro de 2016, e as ações serão negociadas na condição "ex" juros sobre o capital próprio e "ex" dividendos a partir de 13 de dezembro de 2016 (inclusive).

Os valores estarão disponíveis aos acionistas em 23 de dezembro de 2016.

Para os acionistas com ações custodiadas na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia ("CBLC"), os valores serão pagos à CBLC, que os repassará aos acionistas titulares por intermédio dos seus Agentes de Custódia.

Para os demais acionistas, o pagamento será efetuado de acordo com o cadastro no Banco Bradesco S.A., Instituição Financeira Escriturária das ações de emissão da Companhia. Os acionistas cujos cadastros estejam desatualizados deverão se dirigir a uma agência do Banco Bradesco S.A. para atualização dos dados cadastrais.