Dividendos e Juros sobre o Capital Próprio

Política de Dividendos

A Lei das Sociedades por Ações e o estatuto social da Companhia exigem a realização de Assembleia Geral Ordinária de acionistas até dia 30 de abril de cada ano, na qual, entre outras matérias, os acionistas devem decidir a respeito da distribuição dos dividendos anuais. Os acionistas da Companhia deliberarão sobre a proposta do seu Conselho de Administração de destinação do lucro líquido do exercício social anterior. Todos os acionistas, na data de declaração dos dividendos, têm direito ao recebimento desta remuneração.

O dividendo obrigatório do Fleury é de no mínimo 25% do lucro líquido, na forma da Lei das Sociedades por Ações e do estatuto social, apurado nas demonstrações financeiras não consolidadas. A declaração anual de dividendos, incluindo o pagamento de dividendos além do dividendo mínimo obrigatório, exige aprovação em Assembléia Geral Ordinária por maioria de votos de acionistas titulares das ações do Fleury e irá depender de diversos fatores. Dentre esses fatores estão os resultados operacionais, condição financeira, necessidades de caixa e perspectivas futuras da Companhia, dentre outros fatores que o Conselho de Administração e acionistas do Companhia julguem relevantes.

Histórico de pagamento (em milhões de R$)

Exercício Período Lucro líquido Dividendos Juros sobre capital próprio (JSCP) Payout
2009 2009 83,6 44,0 - 53%
2010 2010 130,0 - 40,0 31%
2011 2011 100,6 - 28,0 28%
2012 2012 106,6 20,0 16,0 34%
2013 2013 61,1 81,9 - 134%
2014 2014 85,8 200,0 - 233%
2015 2015 107,3 27,9 9,7 35%
2016 9M16 153,9 252,6 110,4 164%