Setor de Saúde Suplementar no Brasil

  • Segundo dados da IESS / Data Folha de 2015, ter um plano de saúde é a terceira maior prioridade dos brasileiros, atrás somente de educação e casa própria, respectivamente.
  • O mercado privado de medicina diagnóstica está concentrado nos principais centros econômicos brasileiros: a região sudeste representa mais de 62% deste segmento.
  • É um setor ainda fragmentado no Brasil: existem cerca de mil operadoras que ofertam plano de saúde.
  • A regulamentação vigente garante ao paciente um rol mínimo de procedimentos e exames, busca pela melhor contratação entre prestadoras e operadoras, além de impor níveis de qualidade a serem atendido pelas operadoras.
  • O fluxograma abaixo demonstra a cadeia de valor da saúde privada:

Para mais informações sobre o setor de saúde suplementar brasileiro, acesse as apresentações do Grupo Fleury, o site da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplmentar) ou o site do IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

Fonte: Dados da ANS, exceto quando indicado ao contrário.